This website uses cookies. They allow us to optimize your browsing experience and also help us to understand how you use our site. By continuing to use this website, you accept our use of cookies. Declaração de Privacidade
Close

Tintas em Pó

Do Estádio Olímpico a panelas não-aderentes

 

A tinta em pó atende a uma grande variedade de substratos que exigem um revestimento de alta qualidade em relação ao seu acabamento e de suas propriedades Físico-Químicas, utilizando um método simples, econômico e de acordo com o meio ambiente.

Nossas marcas de tinta em pó atendem enúmeros segmentos do mercado. Enquanto a Interpon ® atende o setor automotivo, de arquitetura, eletrodomésticos (linha branca) e indústrias em geral (móveis em geral, computadores, luminárias, vidros, cerâmicas, madeiras, gesso, entre outras), a RESICOAT® atende o mercado de tubulações (gasodutos, oleodutos, aquodutos, entre outros fluídos), válvulas e conexões, vergalhões (em aço e ferro fundido) e componentes elétricos e eletrônicos (como isolamento).

As principais vantagens da tinta em pó em relação à tinta líquida é que são totalmente isentas de solventes, reduzindo drasticamente os riscos de combustão e as perdas do processo são praticamente mínimas (até 98% do pó pode ser reciclado, dependendo do sistema de recuperação) e, assim, não agride o meio ambiente. Além disso, a aplicação da tinta em pó atinge facilmente camadas altas de revestimento em uma única demão, sem escorrimento ou surgimento de bolhas. Outra vantagem é disponibilidade em diversos tipos de acabamento e sistemas de resinas, adaptáveis às necessidades do cliente e maior facilidade de limpeza na área de pintura.

História
Os primeiros passos no desenvolvimento de tintas em pó foram dados no início da década de 50.  Naquela época, a única resina disponível para a fabricação era a Resina Epóxi, porém de alto custo e acabamento ruim, o que tornava seu uso muito restrito. Em função disso, até hoje, muitas pessoas ainda chamam as tintas em pó para pintura eletrostática de Tintas Epóxi; porém, com as novas tecnologias, as formulações já são disponíveis em diversos tipos de polímeros.

Na década de 60 surgiram as primeiras tecnologias economicamente viáveis, e o produto passou a ser utilizado em escala industrial. Em 1972, surge a primeira fabricante brasileira de tintas em pó, a SUPERTINTAS, usando licença da marca TEODUR, da holandesa Wagenmakers,  que naquela época era o maior fabricante de tintas em pó na Europa. 

Em 1981, a SUPERTINTAS foi adquirida pela COURTAULDS, empresa de capital inglês, que, com detenção da tecnologia e maior fabricante de tintas em pó do mundo, produzia suas próprias Resinas Poliéster, incrementando em nosso mercado a aplicação de tintas híbridas. Nasce no Brasil a marca registrada Interpon®. 

Em 1998, buscando a liderança mundial do mercado de tintas, a AkzoNobel adquiriu, mundialmente, todos os negócios da COURTAULDS International no ramo de tintas. Assim, a AkzoNobel superou suas mais diretas concorrentes, passando como a número 1 no mundo em tintas e, hoje, destina uma boa parte de seus recursos para as inovações tecnológicas e desenvolvimento de produtos que tragam aos clientes a solução para suas necessidades.

Localização:
Rua dos Ciprestes, 130 – Bairro: Guaçú
São Roque – SP
CEP: 18.132.480 –
T: +55 11 2184 9725 (Adm. de Vendas) 
F: +55 11 2184 9726

SAC: 0800–7701064
Vendas  vendas.interpon@akzonobel.com